Conselho de Administração

O conselho de administração do Banco BTG Pactual, sem prejuízo das demais competências atribuídas por lei, é responsável por eleger e destituir os diretores do Banco BTG Pactual e fixar-lhes as atribuições e fiscalizar a gestão dos diretores.

A tabela abaixo mostra o nome e cargo dos membros eleitos do Conselho de Administração do Banco BTG Pactual, bem como um resumo da experiência de negócios e outras informações biográficas de cada membro:

Nome Cargo Data de Eleição*
Cláudio Eugênio Stiller Galeazzi Conselheiro 09 de abril de 2021

Claudio Galeazzi Ingressou no Banco BTG Pactual em agosto de 2010 como sócio. Ele desenvolveu uma sólida carreira em consultoria, reestruturação, recuperação, gestão interina e gestão de diversas empresas na economia real. Foi sênior em diversas empresas, como a Commercial VP of British Petroleum - empresa de mineração no Brasil, além de ter sido CEO das empresas: Cia. Estanifera do Brasil (CESBRA), Vila Romana e VR, Laticineos MOCOCA, ARTEX, LOJAS AMERICANAS, SENDAS, CBD (Grupo Pão de Açúcar) e CEO da CECRISA, além de ter fundado a empresa Galeazzi Associados. Atuou como presidente do Conselho Nacional do SESI, Diretor do Instituto Euvaldo Lodi, Diretor da FIESP (Federação das Indústrias de SP), vice-presidente da ANFAC (Associação Nacional de Factoring de) e tendo sido diretor do MAM (Museu de Arte Moderna de SP).

Eduardo Henrique de Mello Motta Loyo Conselheiro 09 de abril de 2021

Eduardo Henrique de Mello Motta Loyo desde 2007 ocupa a posição de Diretor Executivo do Banco BTG Pactual e de 2007 até 2018 ocupou a posição de Economista-Chefe do Banco BTG Pactual para a América Latina. Atuou de 2005 até 2007 como (i) Diretor Executivo por Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Haiti, Panamá, República Dominicana, Suriname e Trinidad e Tobago, no Fundo Monetário Internacional (FMI); (ii) membro dos comitês de orçamento, de avaliação, de assuntos administrativos e de coordenação com a Organização Mundial do Comércio (OMC); e (iii) Presidente do Comitê de Avaliação (responsável por assuntos relativos ao Escritório Independente de Avaliação do FMI). O Sr. Eduardo Loyo foi professor de economia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e atua como associado do Instituto de Estudos de Políticas Econômicas - Casa das Graças. O Sr. Eduardo Loyo é PhD em economia pela Princeton University e também ocupou posições de visiting faculty na Columbia University em 2003 e na INSEAD em 2002.

Guillermo Ortiz Martínez Conselheiro 09 de abril de 2021

Guillermo Ortiz Martínez formou-se bacharel em economia na Universidad Nacional Autónoma de México e tem Mestrado e Doutorado em economia na Universidade de Stanford. Atualmente, ocupa o cargo de Presidente do Conselho da Weatherford International (uma grande empresa petrolífera e de equipamentos baseada em Genebra) e de diversas empresas mexicanas (incluindo Mexichem, ASUR, Grupo Comercial Chedraui e VITRO). Desempenhou importantes cargos, como Diretor Executivo no Fundo Monetário Internacional (FMI) entre 1984 e 1988, além de Presidente do Banco do México entre 1998 e 2009.

John Huw Gwili Jenkins Vice-Presidente 09 de abril de 2021

John Huw Gwili Jenkins é partner do Grupo BTG Pactual, com base no escritório de Londres. Executivo do UBS Investment Bank de 1996 a 2007, ocupou diversas posições na instituição, onde foi Presidente de janeiro de 2006 a setembro de 2007 e CEO de julho de 2005 a setembro de 2007. Anteriormente Jenkins foi de Chefe Global de Equities, e Chefe de Equities para Américas, Chefe Ajunto de Equities para EUA, Chefe de Equities para Ásia e Pacífico e Chefe de Equities para Ásia. Antes de ingressar no UBS trabalhou no BZW de 1986 a 1996 e no Hill Samuel em 1986. Grande parte de sua carreira se desenvolveu na Ásia e nos Estados Unidos. Jenkins é graduado pela Liverpool University com MBA pela London Business School.

Mark Clifford Maletz Conselheiro 09 de abril de 2021

Mark C. Maletz é membro do conselho de administração da nossa instituição. É membro sênior da Harvard Business School, sendo internacionalmente reconhecido nas áreas de estratégia, desenvolvimento de liderança e transformação organizacional. Antes de se tornar parceiro da Harvard Business School, foi sócio da McKinsey and Company, atuando na área de prática organizacional da Companhia. Foi professor no Babson College, em Massachusetts. É um dos fundadores do Centro de Pesquisa em Desempenho Corporativo, é Chairman Emeritus do Eastwest Institute e membro do conselho de administração do Global Capacity. O Sr. Maletz é formado na Faculdade de Dartmouth, além de possuir um Mestrado em Ciências Cognitivas, um Mestrado em Computação e Engenharia de Informação e Controle, e um PhD em Computação e Ciências da Comunicação pelo Instituto Industrial de Tecnologia da Universidade de Michigan.

Nelson Azevedo Jobim Presidente 09 de abril de 2021

Nelson Azevedo Jobim graduou-se em 1968 como Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ocupou os cargos de membro e Presidente do Supremo Tribunal Federal de 1997 a 2006, Ministro da Justiça, Ministro da Defesa, Presidente do Conselho Nacional de Justiça e de Ministro e Presidente do Tribunal Superior Eleitoral. O Sr. Jobim atuou como advogado de 1969 a 1994; de 2006 a 2007; e de 2011 até 2016.

Roberto Balls Sallouti Conselheiro 09 de abril de 2021

Roberto Balls Sallouti é CEO e membro do Conselho de Administração do BTG Pactual. Ingressou no Banco em 1994 e tornou-se sócio em 1998. Ao longo da sua carreira, foi responsável pelas áreas de renda fixa local e internacional, antes de tornar-se COO (Chief Operating Officer) em 2008. Em 2015, passou a ser CEO do Banco. É membro dos Conselhos da Febraban, do Mercado Livre, do Banco Pan e bacharel em Economia, com especialização em Finanças e Marketing pela University of Pennsylvania, Wharton School.

Sofia De Fátima Esteves Conselheira 09 de abril de 2021

Sofia De Fátima Esteves. A Sra. Sofia De Fátima Esteves é conhecidamente capacitada para ocupação de cargos estatutários, sendo membro do Conselho da Brazilian Student Association (BRASA), U-TECH, Fundação Colégio Porto Seguro, IBMEC, Instituto SER+, Grupo Savegnago, Agroterenas, Fundação Raízen e Grupo Cia de Talentos. Ainda, a Sra. Sofia De Fátima Esteves é membro do Comitê Estratégico de Pessoas do Hospital Albert Einstein e do Governo Federal. A Sra. Sofia De Fátima Esteves é bacharel em psicologia pela Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU/SP.

*Pendente de aprovação pelo Banco Central do Brasil

Diretoria

De acordo com o Estatuto Social a diretoria do Banco BTG Pactual deve ser composta por no mínimo 2 e até 16 membros, sendo até dois deles designados como Diretores Presidentes, um como Diretor de Relações com Investidores, até sete membros como Vice-Presidente Sênior e os demais designados como Diretores Executivos. A diretoria tem amplos poderes de administração e gestão dos negócios sociais, podendo deliberar sobre quaisquer matérias relacionadas com o objeto social, bem como adquirir, alienar, e gravar bens móveis e imóveis, contrair obrigações, celebrar contratos, transigir e renunciar a direitos, ressalvados os atos que dependem de autorização do conselho de administração ou da Assembleia Geral.

A tabela abaixo mostra o nome e cargo dos membros eleitos da Diretoria do Banco BTG Pactual, bem como um resumo da experiência de negócios e outras informações biográficas de cada membro:

Nome Cargo Data de Eleição
Alexandre Camara e Silva Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Alexandre Camara e Silva é Diretor estatutário do Banco e responsável pela área de Special Situations do Banco BTG Pactual, cujas atividades estão relacionadas a operações de crédito corporativo estruturadas, Non-Performing Loans, precatórios e Legal Claims. High Yield Credit e Structured Finance. O Sr. Alexandre Camara e Silva ingressou no BTG Pactual em 2003 e atuou também como Diretor de Crédito do Banco Prosper e responsável pela área de Middle Corporate Credit do Banco BBM. O Sr. Alexandre Camara e Silva é bacharel em Engenharia Elétrica pela PUC-Rio e recebeu seus MBAs em Finanças e Direito da Economia e Empresa pela FGV-RJ.

André Fernandes Lopes Dias Diretor Executivo 29 de abril de 2020

André Fernandes Lopes Dias iniciou sua carreira em 1994, como auditor na KPMG, onde trabalhou como auditor nos segmentos industrial e financeiro por três anos, permanecendo lá, portanto, até 1997. De 1997 a 2004 trabalhou como analista de crédito no Banco Pactual S.A. oportunidade na qual aprimorou seus conhecimentos de análise e modelagem de empresas e instituições financeiras, análise de estruturas e controle de exposições. Em 2004 se tornou responsável pela área de Controle de Risco de Crédito do Banco Pactual S.A., oportunidade em que desenvolveu capacidade gerencial, de montagem e gestão de equipes e sistemas de controle. Em 2006, com a transferência de controle do Banco Pactual S.A. para o UBS AG, tornou-se Executive Director, responsável pela área de Controle de Risco de Crédito (CRC) do então Banco UBS Pactual S.A., cargo que ocupou até 2009. Foi responsável pelo aprimoramento dos procedimentos e sistemas do antigo Pactual para adequarem-se ao padrão global de excelência em governança do UBS AG. Foi durante esse período a alçada máxima de crédito do UBS AG na América Latina. Atualmente trabalha no Banco BTG Pactual S.A. como CRO (Chief Risk Officer), sendo responsável direto pelo controle de risco de crédito e responsável indireto (supervisão) pelo controle de risco de mercado.

Antonio Carlos Canto Porto Filho Diretor Vice Presidente Sênior 29 de abril de 2020

Antonio Carlos Canto Porto Filho é Partner do BTG Pactual, com base no escritório de São Paulo. Antes de trabalhar no BTG, foi vice-presidente do UBS Pactual de 2006 a 2008. Ingressou no Banco BTG Pactual em 1997, como Partner. Era diretor-executivo da área de Private Banking e membro do Comitê Executivo. Passou 28 anos no Banco de Crédito Nacional, onde começou em 1969 e, de 1988 a 1997, foi o vice-presidente responsável pelas áreas de Gestão Financeira, Leasing, Seguros, Imóveis, Jurídica e Marketing.

Bruno Duque Horta Nogueira Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Bruno Duque Horta Nogueira é responsável pelo Departamento Jurídico do BTG Pactual na América Latina. Trabalha no nosso escritório de São Paulo.Duque ingressou no Pactual em 2000 e tornou-se sócio em 2009. Iniciou sua carreira na Eletropaulo, trabalhando também no Grupo Rede e na Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, além de ter atuado como Assessor Especial da Secretaria de Energia do Ministério de Minas e Energia no desenvolvimento do Plano de Racionamento de Energia do Governo Federal em 2001.Duque é advogado com especialização de direito empresarial formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco - Universidade de São Paulo (USP).

Guilherme da Costa Paes Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Guilherme da Costa Paes. Nos últimos 5 anos atuou como (i) membro da área de Investment Banking do Banco BTG Pactual; e (ii) coordenador da área de Banco de Investimento, cujas atividades estão relacionadas à estruturação de operações de fusões e aquisições, abertura de capital de companhias, follow-on de títulos diversos, dentre eles, debêntures, eurobonds, títulos de renda fixa. O Sr. Guilherme da Costa Paes é formado em administração pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro e possui MBA com enfoque em finanças pelo IBMEC.

Iuri Rapoport Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Iuri Rapoport é Diretor estatutário do BTG Pactual, tendo como base nosso escritório de São Paulo. Rapoport ingressou no Pactual em 1995 e tornou-se sócio em 2001. Tornou-se corresponsável do Departamento Jurídico em 1999 e foi General Counsel entre 2003 e 2009. Foi Diretor estatutário responsável por questões estratégicas entre 2008 e 2011, quando deixou o BTG Pactual para assumir o cargo de Chief Operating Officer no Banco Panamericano. Em fevereiro de 2014 retornou ao BTG Pactual como Diretor estatutário para atuar na área de assuntos operacionais e estratégicos ligados ao Senior Management. Rapoport é bacharel em Direito (com especialização em Direito Empresarial) pela Universidade de São Paulo (USP) e obteve seu LLM (Master of Laws − International Finance) pela Kings College- London University.

João Marcello Dantas Leite Diretor Executivo e CFO 29 de abril de 2020

João Marcello Dantas Leite é Chief Financial Officer (CFO) e diretor executivo. O Sr. Dantas ingressou no Banco BTG Pactual em 1993 como responsável pelo departamento tributário e em 1997 assumiu a área de finanças. Antes de ingressar no Banco BTG Pactual, Sr. Dantas trabalhou no departamento de consultoria tributária da Arthur Andersen. Sr. Dantas foi também membro do conselho de administração da ANBIMA. Sr. Dantas é bacharel em economia pela Universidade Cândido Mendes.

José Miguel Vilela Junior Diretor de Relações com Investidores 29 de abril de 2020

José Miguel Vilela Junior é atualmente o Head de Finance e da área de Relações com Investidores do Banco BTG Pactual S.A., diretamente responsável pelas seguintes atividades: (i) controles regulatórios e relacionamento com o Banco Central; (ii) contabilidade, (iii) controles gerenciais, (iv) planejamento e execução fiscal, (v) tesouraria operacional, e (vi) planejamento e controle de custos. O Sr. José Miguel Vilela ingressou no BTG Pactual em 2001 e atuou também como CFO da "Petrobras Africa" baseado em Rotterdam, Holanda, onde foi responsável pela gestão financeira da companhia. O Sr. José Miguel Vilela é bacharel em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC/RJ.

Marcelo Flora Sales Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Marcelo Flora Sales é Diretor Estatutário do Banco e responsável pelo BTG Pactual digital, plataforma on-line voltada ao varejo, e pelo segmento de vida e previdência, voltado a clientes da área de Wealth Management e varejo. O Sr. Marcelo Flora Sales ingressou no BTG Pactual em 2000 e atuou nesse período como responsável pela área de Distribuição do segmento de Asset Management e pela área de Distribuição de Produtos de FICC do Banco BTG Pactual. O Sr. Marcelo Flora Sales é bacharel em Engenharia Civil pela UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Mariana Botelho Ramalho Cardoso CCO 29 de abril de 2020

Mariana Cardoso é Diretora estatutária e responsável pela área de Compliance do Banco BTG Pactual. Trabalha no nosso escritório de São Paulo, ingressou no Pactual em 1996 e tornou-se sócia em 2006. Passou mais de dezesseis anos de sua carreira trabalhando na indústria de fundos de investimentos e desde 2016, ingressou no Departamento de Compliance do Banco BTG Pactual. A Senhora Mariana Cardoso é bacharel em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

Oswaldo de Assis Filho Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Oswaldo de Assis Filho. Nos últimos 5 anos atuou como (i) responsável pela área de investimentos a longo prazo do Banco BTG Pactual; e (ii) responsável pela Área de Corporate Finance do Banco BTG Pactual, cujas atividades estão relacionadas à administração de recursos de terceiros no mercado de renda fixa, títulos da dívida externa e no mercado de títulos e valores mobiliários. Antes de ingressar no Banco BTG Pactual, o Sr. Oswaldo de Assis Filho atuou em outras instituições financeiras desde 1976, tendo ocupado o cargo de Vice-Presidente do Banco de Crédito Nacional. O Sr. Oswaldo de Assis Filho é formado em engenharia elétrica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1973) e possui mestrado em economia pela Universidade de São Paulo.

Renato Monteiro dos Santos Diretor Vice Presidente Sênior 29 de abril de 2020

Renato Monteiro dos Santos. Nos últimos 5 anos atuou como responsável pela Tesouraria do Banco BTG Pactual para América Latina, bem como pelas áreas de Renda Fixa, Câmbio e Commodities, cujas atividades envolvem os instrumentos negociáveis no mercado financeiro em geral, incluindo os mercados locais e internacionais. O Sr. Renato Monteiro dos Santos iniciou sua carreira no Banco BTG Pactual em 1997 como trader, ocupando o cargo de head dos mercados de renda fixa para América Latina de 2004 a 2006. O Sr. Renato Monteiro dos Santos é formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGVSP) e em economia pela Universidade de São Paulo (USP).

Roberto Balls Sallouti CEO 29 de abril de 2020

Roberto Balls Sallouti é CEO e membro do Conselho de Administração do Banco BTG Pactual. Ingressou no Banco em 1994 e tornou-se sócio em 1998. Foi nomeado COO (Chief Operating Officer) em 2008, sendo responsável anteriormente pelas áreas de renda fixa local e internacional. Foi nomeado CEO do banco em 2015. Sallouti é bacharel em Economia, com especialização em finanças e marketing pela Wharton School - University of Pennsylvania.

Rogério Pessoa Cavalcanti de Albuquerque Diretor Executivo 29 de abril de 2020

Rogério Pessoa Cavalcanti de Albuquerque Nos últimos 5 anos atuou como (i) Co-Head of Markets (Área comercial) de Wealth Management do Banco BTG Pactual; e (ii) Co-Head of Wealth Management do Banco BTG Pactual, cujas atividades estão principalmente relacionadas ao Mercado de Private Banking. Antes de ingressar no Banco BTG Pactual, o Sr. Rogério Pessoa Cavalcanti atuou como Vice-Presidente do departamento de private banking do Delta Bank e como corretor da divisão de contas de clientes internacionais da Prudential Securities. O Sr. Rogério Pessoa Cavalcanti é formado pela Universidade Católica do Rio de Janeiro e possui MBA pela University of Illinois.

Comitês

Comitê de Auditoria

Em 27 de maio de 2004, o CMN promulgou a Resolução nº 3.198, que disciplina a prestação de serviços de auditoria independente para as instituições financeiras e demais instituições autorizadas pelo Banco Central a operar no Brasil, bem como para as câmaras de compensação e prestadores de serviços de compensação e custódia. A Resolução nº 3.198 e suas alterações posteriores exigem que as instituições financeiras e determinadas instituições que apresentem Patrimônio de Referência igual ou superior a R$ 1 bilhão devem constituir órgão estatutário designado "comitê de auditoria", a ser composto por, no mínimo, três membros, com mandato máximo de cinco anos cada um. Pelo menos um dos membros do comitê de auditoria deverá ter conhecimentos contábeis e financeiros específicos. O conselho fiscal da instituição poderá desincumbir-se das atribuições do comitê de auditoria, contanto que opere em caráter permanente, observadas as disposições da Resolução nº 3.198.

Ademais, a legislação brasileira também permite a criação de um único comitê para todo um grupo de empresas. Nessa hipótese, o comitê de auditoria ou o conselho fiscal, conforme o caso, responderá por todas e quaisquer instituições financeiras do mesmo grupo, desde que essas instituições financeiras dêem atendimento às exigências mencionadas acima.

A tabela abaixo mostra o nome e o cargo dos membros eleitos do Comitê de Auditoria do Banco BTG Pactual, bem como um resumo da experiência de negócios e outras informações biográficas de cada membro:

Pedro Paulo Longuini Membro Efetivo 14 de abril de 2021*

Pedro Paulo Longuini Bacharel em Engenharia Mecânica Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), possui mais de 30 anos de experiência no mercado financeiro, tendo, porém, iniciado sua carreira na Schlumberger, uma das maiores empresas prestadoras de serviços de petróleo no mundo, como engenheiro de campo. Trabalhou no Citibank Brasil, onde começou na área de Eletronic Banking, controle de riscos, gerente de produtos do Mercado de Capitais, e em 1985 assumiu a função de Business Controller do Corporate Banking. Atuou também como Diretor Financeiro do Fundo de Pensão desta mesma instituição. Atuou no ABN AMRO Real, onde assumiu diversas posições, entre as quais (por ordem temporal) a de Vice-Diretor de Controle Financeiro, Diretor Executivo na unidade controle financeiro, Diretor Financeiro para o Fundo de Pensão do Banco Real, Vice-Presidente Executivo de Finanças e membro do Comitê Executivo, tendo ocupado ainda o cargo de Chief Financial Officer de 1998 a 2008. Após a incorporação do Banco Real pelo Banco Santander assumiu o cargo de Vice Presidente Executivo de Corporate Affairs no Banco Santander Brasil tendo sob sua responsabilidade as áreas de Compliance e Jurídico. Permaneceu no Santander Brasil ocupando a Vice Presidência Executiva de Meios e de Qualidade & Eficiência. De 2013 a 2015 atuou como Diretor Global da Unidade de Produtividade e Eficiência, em Madri.

Sidnei Corrêa Marques Membro Qualificado/ Coordenador 14 de abril de 2021*

Sidnei Corrêa Marques graduou-se em contabilidade pelo Centro Universidade do Distrito Federal, sendo pós-graduação em: (i) Gestão, pela Universidade de Brasília; (ii) Auditoria, pela Universidade de São Paulo; e (iii) Contabilidade Tributária, pela Universidade de Brasília. Ingressou no Banco Central do Brasil em 1977, ocupando as posições de: (i) Diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução (2011-2019) (ii) Chefe do Departamento de Monitoramento do Sistema Financeiro (2009-2011); (iii) Consultor da Diretoria de Fiscalização (2006-2009): (iv) Chefe do Departamento de Supervisão de Cooperativas e de Instituições não Bancárias (2005-2006); (v) Chefe do Departamento de Capitais Internacionais (2004-2005) e (vi) Chefe de departamento . No exercício de suas atribuições no Banco Central do Brasil, representou o Banco Central do Brasil: (i) no Resolution Steering Group, grupo do Financial Stability Board encarregado de estudar e propor recomendações sobre resolução bancária aos países integrantes do G-20, (ii) no Comitê de Basiléia, fórum que funciona no Banco Internacional de Compensações (BIS), com a missão de expedir recomendações sobre supervisão bancária; (iii) No grupo de trabalho do Fundo Monetário Internacional encarregado de elaborar e expedir recomendações sobre bureau de crédito; (iv) Além de ter sido membro do Conselho Fiscal da Fundação Banco Central de Previdência Privada - Centrus."

Eduardo Henrique de Mello Motta Loyo Membro Efetivo 14 de abril de 2021*

Eduardo Henrique de Mello Motta Loyo desde 2007 ocupa a posição de Diretor Executivo do Banco BTG Pactual e de 2007 até 2018 ocupou a posição de Economista-Chefe do Banco BTG Pactual para a América Latina. Atuou de 2005 até 2007 como (i) Diretor Executivo por Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Haiti, Panamá, República Dominicana, Suriname e Trinidad e Tobago, no Fundo Monetário Internacional (FMI); (ii) membro dos comitês de orçamento, de avaliação, de assuntos administrativos e de coordenação com a Organização Mundial do Comércio (OMC); e (iii) Presidente do Comitê de Avaliação (responsável por assuntos relativos ao Escritório Independente de Avaliação do FMI). O Sr. Eduardo Loyo foi professor de economia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e atua como associado do Instituto de Estudos de Políticas Econômicas - Casa das Graças. O Sr. Eduardo Loyo é PhD em economia pela Princeton University e também ocupou posições de visiting faculty na Columbia University em 2003 e na INSEAD em 2002.

*Todos com homologação pendente pelo Banco Central.


Comitê de Riscos e Capital

A Resolução n.º 4.557, de 23 de fevereiro de 2017, emitida pelo Banco Central do Brasil, dispõe sobre a estrutura de gerenciamento de riscos e a estrutura de gerenciamento de capital das instituições financeiras e das demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Para tanto, um dos deveres estabelecidos pela Resolução n.º 4.557 é a constituição de um comitê de riscos, a ser composto por no mínimo três integrantes, que atendam a determinados requisitos regulatórios estabelecidos no texto da Resolução n.º 4.557. O Comitê de Riscos tem como funções, dentre outras, propor recomendações ao conselho sobre matérias relacionadas à estrutura de gerenciamento de riscos e à estrutura de gerenciamento de capital das instituições financeiras e das demais instituições autorizadas e supervisionar a atuação e o desempenho de seu diretor responsável pelo gerenciamento de riscos.

Ressalte-se que, nos termos do art. 55 da Resolução n.º 4.557, o Comitê de Riscos pode ser constituído para todo o conglomerado prudencial das empresas, a exemplo do que ocorre com o Comitê de Auditoria, mencionado acima.

Segue abaixo tabela contendo o nome, o cargo, a data de eleição e um breve resumo biográfico dos membros do Comitê de Riscos do conglomerado prudencial do BTG Pactual:

Nome Cargo Data de Eleição
João Marcello Dantas Leite Membro Efetivo 09/11/2020

João Marcello Dantas Leite é Chief Financial Officer (CFO) e diretor executivo. O Sr. Dantas ingressou no Banco BTG Pactual em 1993 como responsável pelo departamento tributário e em 1997 assumiu a área de finanças. Antes de ingressar no Banco BTG Pactual, Sr. Dantas trabalhou no departamento de consultoria tributária da Arthur Andersen. Sr. Dantas foi também membro do conselho de administração da ANBIMA. Sr. Dantas é bacharel em economia pela Universidade Cândido Mendes.

Mauro Dutra Mediano Dias Membro Efetivo 09/11/2020

O Sr. Mauro Dutra Mediano Dias é graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O Sr. Mauro Dutra iniciou sua carreira profissional na Vale S.A.. Ingressou no BTG Pactual em 2011, onde liderou a área de crédito e participou da criação e crescimento de diversos negócios, como Corporate Lending (Brasil e América Latina), Special Situations, Seguros, Derivativos e, mais recentemente, Digital Retail Unit

Rogério Paes Barreto Membro Efetivo 09/11/2020

O Sr. Rogério Paes Barreto é formado pela Pontificia Universidade Católica - PUC do Rio de Janeiro, iniciou sua trajetória como estagiário da Icatu Hartford em março de 2000, em março de 2001 iniciou suas atividades no BTG Pactual como Syndicated Loan desk, posição que ocupou até fevereiro de 2016. Posteriormente se tornou head de Trade Finance da Engelhart Commodities Trading Partners até a presente data.